Uma questão de prioridades

by - dezembro 08, 2018

IMAGEM RETIRADA DO PINTEREST

Vamos falar sobre ter tempo. Quantas vezes usamos o tempo como desculpa? "Não tenho tempo" é das frases mais utilizadas para não fazer algo ou ir a algum lado. E na realidade, não temos mesmo tempo ou simplesmente não queremos?
Há tempos sentia que não tinha tempo para nada. Não fazia nada do que queria e era uma perita a procrastinar. Não gostava desta minha faceta (e ainda não gosto, ahaha). Não tinha dias produtivos. Não fazia nada por mim. Sabem quem culpava? O tempo. Acontecia é que no fundo sabia que a culpa era apenas minha e eu só não fazia porque não queria. Na verdade, e todos nós sabemos, na vida é tudo uma questão de prioridades.
Perceber o que realmente queremos fazer e devemos fazer, é meio caminho andado para nos sentirmos produtivos e satisfeitos ao fim do dia. Cada um de nós tem tempo para tudo aquilo que pretende realizar, falta é definir prioridades e cumprir prazos. Não estou de todo a apoiar uma vida stressante e de um lado para o outro, estou sim a apoiar a organização durante o dia-a-dia. Mais importante que a organização é definirem o que querem fazer durante o dia de forma realista. Não se metam a fazer listas enormes porque no fim do dia não têm um "check" em nada! Pensem no vosso dia e no que têm para fazer e, percebam o tempo que têm para os vossos objetivos. E lembrem-se, sejam realistas.
E se não houver vontade ou se estiverem num dia não? Tranquilo. Não se faz. Não se condenem nem se critiquem por não vos apetecer ou por não terem feito tudo o que queriam por terem estado com a preguiça. Há dias assim. Ninguém é perfeito!
O importante é manterem o foco e não meterem demasiado pressão sobre vocês mesmos. Um dia de cada vez.

Um beijinho Margheritas!



You May Also Like

1 comentários

  1. Às vezes não dá mesmo por falta de tempo para realmente tem muito a fazer mas eu evito ficar "á sombra da bananeira" e depois dizer que não fui ou não fiz por falta de tempo :)

    ResponderEliminar