LEITURAS #5

by - julho 17, 2018

Olá Margheritas!
Hoje volto em força ao blog e trago-vos a review de um livro que a Chiado Editora já me enviou há algum tempo. Admito que sou um pouco lenta para ler, embora este não tenha sido mais rápido por falta de tempo mesmo!
O livro é "O Espelho e a Bola de cristal - Vol I - Os Escolhidos" de A. Bourdon.

  Fotografia da minha autoria


SINOPSE: Inês tinha uma vida calma e discreta enquanto vivia com o seu tio. Quando finalmente sai de casa para ir estudar para a universidade, nada a fazia pensar que tudo mudaria no instante em que conhece David, um rapaz cruelmente marginalizado pelos colegas. Apaixonada pela forma como este enfrenta a vida todos os dias, rapidamente se vê envolvida no que parece ser um mundo inacreditavelmente diferente daquele a que estava habituada. Mistérios, revelações e um fantástico universo de dons e poderes, tudo parece surpreendê-la... até ao momento em que uma tragédia a muda para sempre e abre um novo capítulo na história da sua vida, onde cada Escolha conta.

Fotografia da minha autoria

Inicialmente pareceu-me um livro muito típico, isto é, a rapariga vai para a universidade conhece um rapaz e tal, e toda uma história à volta deles. Conseguia ser previsível, mas bonito ao mesmo tempo. A história é muito bonita, romântica e lamechas, tal como eu gosto! No entanto, há toda uma reviravolta que me prendeu ainda mais. Pessoalmente, é como se fosse um livro com alguma fantasia, mas rapidamente se passa a fantasia para a vida real. Cada um de nós tem uma missão neste mundo. Temos a oportunidade de fazer as nossas escolhas e após isso acartar com as consequências. Há pessoas que temos de deixar. Pessoas que temos de ajudar. Cada um de nós veio ao mundo com um propósito, e ainda que o livro não se dirija muito para essa vertente, foi como que uma lição que tirei da história. Para além disso, aumentei ainda mais a força da minha crença, que o amor é tudo nesta vida e tanto pode ser uma fraqueza como a tua maior força. Consegues ser a pessoa mais forte se fores movida por amor, mas também consegues ser a mais fraca se meteres o amor pelos outros à frente do amor-próprio. Mas quem sou eu para julgar? O amor é cego, não é assim que dizem?
Ainda que seja um livro que envolva fantasia, acho que é uma ótima história para ler e consegue-se sempre tirar alguma lição, algum pensamento. É por isso que adoro livros!
Aconselho muito a leitura desta história, principalmente para quem gosta de algum romantismo e fantasia. Já não lia um livro deste género há imenso tempo e adorei!
Um gigante obrigada à Chiado Editora por me ter proporcionado mais um excelente momento de leitura!


You May Also Like

9 comentários

  1. Fiquei curiosa, já esta na minha lista :)

    ResponderEliminar
  2. Eu adoro romantismo e fantasia! Tenho que ler essa obra! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Acredito muito que todos nós temos uma missão e que o amor pode ser o nosso maior impulso para a concretizar.
    Já tinha ouvido falar deste livro, mas nunca o li. Fiquei cheia de curiosidade :)

    r: Sem dúvida, minha querida!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. "A história é muito bonita, romântica e lamechas, tal como eu gosto!" ahahahaha e este livro vai tãooooooo para a minha lista!

    r: obrigada! :)

    ResponderEliminar
  5. Olá
    Gostei dessa tua reflexão sobre o amor, nós enamorados podemos ser os mais criativos mas ao mesmo tempo podemos nos consumir por essa pessoa. pareceu-me uma boa história.
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  6. Já tinha ouvido falar neste livro,mas nunca cheguei a le-lo :( bjos Estou seguindo o blog!

    Conheça meu blog :) | Meu perfil no instagram

    ResponderEliminar